in ,

Vinicius Souza é negociado e Grupo City mira Lincoln

Volante foi vendido pelo Flamengo à grupo de empresários e atacante deve seguir o mesmo caminho nos próximos dias

O Flamengo finalizou a venda do volante Vinicius Souza, de 21 anos. O jogador interessava ao Grupo City, empresa que administra diversos clubes de futebol ao redor do planeta. Após um contato oficial há algumas semanas, os dois lados chegaram a um acordo pelo jovem. A expectativa é que Vinicius seja alocado no SK Lommel, da Bélgica, outro time comandado pelo grupo. O Flamengo receberá cerca de R$ 16,3 Milhões por 60% dos direitos do volante.

Vinicius Souza é cria da base flamenguista e atuou em 4 jogos oficiais na temporada. Recentemente, o volante esteve no banco de reservas no duelo contra o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. Ao todo, ele deixa o clube após oito jogos oficiais e 5 títulos com o elenco rubro-negro. Além de Vinicius, o lateral-esquerdo Caio Roque também foi negociado pelo Flamengo com o Grupo City.

A empresa responsável pela compra de Vinicius Souza é formada por empresários dos Emirados Àrabes. O grupo conta com olheiros por toda a América do Sul e gerencia clubes importantes do futebol mundial, entre eles o Manchester City. O atual técnico do Flamengo, Domènec Torrent, já trabalhou em dois times do Grupo City e foi treinador de um deles. Entre 2018 e 2019, ele comandou o New York City FC, da MLS.

ALÉM DE VINICIUS SOUZA, LINCOLN TAMBÉM DEVE DEIXAR O CLUBE

De acordo com a imprensa que cobre o Flamengo, após Vinicius Souza, o clube foca agora em emprestar o atacante Lincoln. Os empresários do Grupo City já expressaram interesse pelo jogador, mas as negociações ainda estão no início. A intenção dos dirigentes do Mengão é dar rodagem ao atacante de 19 anos pelo futebol europeu.

What do you think?

Written by Marcos Garcia

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
Diego Ribas não atuará na Copa do Brasil

Diego Ribas e Diego Alves negociam novo contrato

Bruno Henrique foi denunciado pelo STJD

Flamengo recusa proposta por Bruno Henrique