in ,

Flamengo perde 78% dos seus pênaltis sem Gabigol

Na ausência do atacante no último domingo (05), Pedro desperdiçou um pênalti diante do Fortaleza no Maracanã.

O Flamengo não pôde contar com o atacante Gabigol no último domingo (05), após suspensão pelo 3º cartão amarelo. Sem ele em campo, o Mengão foi derrotado pelo Fortaleza pelo placar de 2×1 no Maracanã e abriu o mês de junho com derrota. Além disso, o time carioca voltou a desperdiçar uma cobrança de pênalti na ausência do seu camisa nove.

Leia Mais: Flamengo é derrotado pelo lanterna e perde jogadores

De acordo com levantamento do SofaScore, o Flamengo conta com um aproveitamento de apenas 22% nos pênaltis quando não pode contar com Gabigol. Desde 2019, o Mengão bateu nove pênaltis na ausência do seu artilheiro e perdeu sete. Diante do Red Bull Bragantino na próxima quarta-feira (08), ele estará à disposição de Paulo Sousa e deve ser titular.

Cobrador de pênaltis oficial do Flamengo, Gabigol soma 23 acertos em 24 cobranças desde 2019, ano da sua chegada ao Mengão. Ao ver o aproveitamento despencar sem o atacante, a comissão técnica rubro-negra deverá testar novos cobradores nas próximas rodadas, caso o jogador não esteja à disposição novamente.


FLAMENGO PERDEU 70% DAS DISPUTAS DE PÊNALTI DESDE 2017

Em um recorte maior, o Flamengo soma 70% de derrotas em disputas por pênaltis desde o início da temporada de 2017. No período, o time carioca foi superado em disputadas da Copa do Brasil, Carioca, Supercopa, Libertadores e Primeira Liga.

Em busca da reabilitação no Campeonato Brasileiro, o Flamengo tem pela frente duas rodadas como visitante. Além do Red Bull Bragantino no meio da semana, o Mengão enfrenta o Internacional no próximo sábado (11), ás 21h30, no estádio Beira-Rio.

Foto: MARTIN BERNETTI/AFP via Getty Images/One Football

What do you think?

Written by Marcos Garcia

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0
FlamengoAoVivo

Flamengo é derrotado pelo lanterna e perde jogadores

FlamengoAoVivo

Bruno Henrique vira alvo de Jorge Jesus na Turquia