in

Flamengo liderou estatísticas do Carioca em 2020

Equipe do técnico Jorge Jesus teve o melhor ataque do Campeonato Estadual com 34 gols, entre outros quesitos

O Flamengo bateu o Fluminense na noite da última quarta-feira (15) por 1×0 e se sagrou Bicampeão Estadual. O time comandado pelo técnico Jorge Jesus terminou a competição com a melhor campanha geral e confirmou o seu favoritismo com a taça. Além das conquistas individuais, como a artilharia de Gabigol com 8 gols, o rubro-negro também liderou o Campeonato em outros quesitos importantes.

Em 2020, o Flamengo teve o melhor ataque do Campeonato Carioca com 34 gols anotados em 17 partidas, média de 2 por jogo. Além disso, o Mengão também foi a equipe com mais vitórias da competição (14) e com menos derrotas (1). A ótima campanha rubro-negra também fica evidenciada com a maior sequência de partidas sem ser derrotado (13). Campeão estadual pela 36ª vez, o clube segue isolado como líder em conquistas no Estado do Rio de Janeiro.

Em comparação com a campanha vitoriosa no Estadual de 2019, o ataque somou 1 gol a mais e o time venceu três jogos a mais do que no ano passado. O número de derrotas foi o mesmo (1) e a maior sequência sem perder na competição foi um pouco menor (11 jogos seguidos). Artilheiro da competição com 8 gols na última temporada, Bruno Henrique deu lugar a Gabigol no quesito em 2020.

FLAMENGO CONQUISTOU 8º TÍTULO CARIOCA EM 15 ANOS

Mostrando sua superioridade sobre os rivais locais no Campeonato Carioca, o Flamengo confirmou o seu 8º título Estadual nos últimos 15 anos. Após o Tri entre 2007 e 2009, o rubro-negro voltou a conquistar a competição em 2011, 2014, 2017, 2019 e 2020. No período, Botafogo (4), Vasco (2) e Fluminense (1) tiveram menos títulos somados que o Mengão.

What do you think?

Written by Marcos Garcia

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0
FlamengoAoVivo

Vitinho voltou a marcar gol em Final do Carioca

FlamengoAoVivo

Lives de Hoje | Assista a live de Loubet AO VIVO e Online (16/07)