Flamengo vai pagar 20 MILHÕES por Marcelo Cirino

Ex-Jogador do Flamengo, Marcelo Cirino, hoje joga em Dubai defendendo o Al Nasr, o atacante  tem nove jogos – sete pela liga local e dois pela Copa dos Emirados – e cinco gols pelo time árabe. Antes de Dubai o jogador passou pelo Internacional de Porto Alegre, mas isso não muda o boleto que vai chegar na Gávea em 2018.

O Flamengo prevê para o seu orçamento de 2018 o pagamento de R$ 20.000.000,00 a Doyen, parceiro do clube na contratação de Cirino no fim de 2014. Esse valor absurdo é por causa de um contrato de risco feito pelo Flamengo com o Atlético Paranaense e a Doyen. Pelo acordo, o clube da gávea se comprometia a pagar 3,5 milhões de euros, mais 10% de juros ao ano, à Doyen caso o atleta não fosse vendido e a empresa não recuperasse o que investiu até 31 de dezembro de 2017.

Na época o Flamengo não investiu do próprio bolso para tirar o jogador do time do Paraná, foi com o dinheiro da Doyen que o Flamengo concluiu a negociação. No contrato ainda dizia que o Rubro-Negro carioca ficaria com 20% da venda do jogador.

Após gastar 20 milhões de reais com o Marcelo Cirino o Flamengo passa a dividir os direitos econômicos meio a meio com o Furacão, com quem Cirino tem contrato de mais dois anos.

Marcelo Cirino está emprestado ao Al Nasr até o final de 2018 e tem contrato de opção de compra, caso o clube de Dubai queira compra-lo até o final de 2017 o Flamengo não precisará desembolsar milhões pelo jogador, mas o provável é que o time da Gávea comece o ano com um rombo nos cofres por causa uma aposta que não vingou.