Quer saber tudo do Flamengo antes de geral? Curta e se inscreva

Sem acordo, Guerrero pode dar ‘adeus’ ao Fla no fim do contrato

Paolo Guerrero pediu mais três anos de contrato e o salário mantido para continuar vestindo a camisa rubro-negra. As condições impostas não foram bem vistas pela diretoria do Fla, que ofereceu mais um ano e meio, com redução significativa da quantidade que ele já recebe – gira em torno de R$ 1 milhão por mês.

As conversas terão um novo capítulo ainda nesta semana, visto que seu atual acordo é válido até o dia 10 de agosto. A cúpula rubro-negra entende que é preciso diminuir os custos com o centroavante, fazendo com que a permanência do camisa 9 peruano seja cada mais longe do Rio de Janeiro.

Guerrero estreou pelo Flamengo em julho de 2015 e, até o momento, soma 114 partidas com a camisa do Mais Querido. São 43 gols do camisa 9 peruano, que conquistou o Campeonato Carioca de 2017 pelo clube da Gávea. No total, são 53 vitórias, 32 empates e 29 derrotas de Guerrero atuando pelo clube carioca.

Além da questão financeira, o futuro do caso de doping de Guerrero é um entrave para o Flamengo levar adiante as conversas pela renovação. Hoje, o peruano está atuando sob a força de uma liminar concedida pelo Tribunal Federal Suíço, que não deu data para a revisão final do caso. Dias antes do Mundial, o camisa 9 teve a pena aumentada de seis para 14 meses de pena.