Flamengo troca o ônibus oficial por um alugado para agradar o elenco

O Flamengo vem vivendo um momento conturbado desde a eliminação do clube no segundo turno do Campeonato Carioca para o Fluminense. De lá para cá, o time ficou mais de um mês sem vencer uma partida – quatro jogos: Fluminense, Botafogo, Santa Fe e Vitória – e quando conseguiu conquistar um triunfo, em cima do América Mineiro pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, parte da torcida criticou o fato do time ter ficado com quatro volantes ao fim do certame. No entanto, nos bastidores do Mengão um fato curioso chamou a atenção: o motivo pelo qual o Fla trocou de ônibus.

De acordo com a informação do Uol Esporte, o elenco solicitou que houvesse a troca do veículo oficial do Mengão, pois os jogadores reclamavam que o ônibus – top de linha em 2013 – “quicava” bastante durante os caminhos entre o Centro de Treinamento Ninho do Urubu, o Maracanã e os aeroportos do Rio de Janeiro.

 Os trajetos pelo qual o time se locomove têm uma média de 45km e 50 km e a duração dos deslocamentos é superior a uma hora, segundo o Uol. Contudo, o percurso não é feito todos os dias, apenas em ocasiões de jogos e viagens. Mesmo assim os dirigentes, devido aos pedidos, optaram por alugar veículo da empresa Util. Há diretores que ficaram insatisfeitos com o fato e tratam o ocorrido como “capricho”, além de considerarem inadmissível a exigência do plantel ter sido atendida pelo ex-diretor de futebol do clube Rodrigo Caetano.

Ainda por cima, a situação criou um clima constrangedor entre o futebol e marketing do Flamengo. Afinal, o ônibus oficial possui a marca de alguns patrocinadores na pintura e sem utilizá-lo os parceiros não têm os seus emblemas expostos em situações que estão sendo cada vez mais filmadas e fotografadas, como a chegada do time aos estádios e aeroportos.

Inclusive, os veículos utilizados no momento são pintados apenas com a marca da viação que os aluga ao Mengo. Com isso, os patrocinadores foram deixado de lado pelo bem dos atletas, o que incomodou parte da diretoria. O clube está em negociação para a aquisição de um novo modelo, que será customizado, e o antigo será repassado para as categorias de base.